Dois são presos por tráfico de anabolizantes em SP

Foram encontrados também dezenas de aparelhos eletrônicos sem comprovação de importação legal

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

14 Janeiro 2010 | 11h17

Dois homens, um deles servidor público municipal, foram presos nesta quarta-feira, 13, em Cajati, no interior de São Paulo, acusados de contrabandear anabolizantes.

 

A dupla foi detida por Policiais Rodoviários Federais no km 498 da Rodovia Régis Bittencourt, durante abordagem ao ônibus da empresa Princesa dos Campos, que vinha de Foz do Iguaçu e ia para Registro, em São Paulo.

 

Durante a vistoria à bagagem dos passageiros, os policiais suspeitaram de duas mochilas. Através dos comprovantes, os proprietários foram identificados como Luiz F.P., de 32 anos, pintor, e Nivaldo N., de 53 anos, funcionário público municipal, ambos residentes em Cananeia, cidade litorânea do Vale do Ribeira.

 

Nas mochilas foram encontrados dezenas de aparelhos eletrônicos, tais como DVDs, controles de videogame, e receptores de canais de TV, num total de 50 itens, todos sem comprovação da importação legal.

 

Os policiais também encontraram 20 frascos do anabolizante Nandrolone e 100 tabletes do anabolizante Methandrostenolone, além de três frascos do suplemento Creatina, todos com importação proibida no Brasil. Suspeita-se que eles entregariam os produtos em academias de musculação da região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.