Dois são mortos durante fuga de presos em São José do Rio Preto

Outros quatro detentos do Centro de Progressão Penitenciária ainda estão foragidos

Chico Siqueira, Especial para o Estado

19 Dezembro 2013 | 12h42

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - Dois homens morreram baleados por policiais militares na noite de quarta-feira, 18, durante uma fuga de presos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de São José do Rio Preto, no interior do Estado. Os dois estavam em companhia de quatro detentos que haviam fugido por um buraco no alambrado na parte de trás do presídio. O grupo foi surpreendido por PMs que reforçavam a segurança na frente do CPP devido à saída temporária de 1.480 para o Natal.

Avisados, os policiais, que receberam reforço de 12 viaturas e do helicóptero Águia, perseguiram o grupo até uma mata, quando, segundo o comando da corporação, houve troca de tiros e dois suspeitos morreram. Um deles, identificado como Jonatas Rogério dos Santos, de 21 anos, era detento do CPP e, segundo a PM, pertencia ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

O outro, que ainda não foi identificado, seria um dos dois comparsas que ajudaram os presos na fuga pelo lado de fora do presídio. A polícia procura pelos quatro foragidos. A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) e a Polícia Militar anunciaram abertura de investigação para apurar as circunstâncias das mortes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.