Dois policiais militares são afastados por agredir homem em Campinas

Imagens foram enviadas anonimamente às afiliadas da Rede Globo; MP vai apurar o caso

Ricardo Brandt, O Estado de S. Paulo

15 de janeiro de 2014 | 22h21

CAMPINAS - A Secretaria Estadual de Segurança Pública identificou e afastou das ruas dois policiais militares de Campinas flagrados em uma filmagem amadora agredindo uma pessoa no centro da cidade, após uma suposta pichação.

As imagens foram enviadas anonimamente às afiliada da Rede Globo, em Campinas, que encaminhou o vídeo ao Ministério Público. O órgão solicitou à PM a identificação dos policiais para apurar o caso. A reportagem não conseguiu falar com os promotores.

No vídeo feito por um cinegrafista amador, em novembro do ano passado, os policiais agridem com tapas no rosto e depois um deles pisa nas costas do homem que estava algemado e deitado no chão.

Onda de crimes. A Polícia Civil divulgou na tarde desta terça-feira, 14, imagens do assassinato do policial Aride Luis dos Santos, de 44 anos, horas antes das morte em série de 12 homens entre a noite do domingo e a madrugada desta segunda-feira, 13.

 

"A polícia divulgou as imagens do latrocínio do policial para pedir à população que, pelo disque-denúncia, aponte os responsáveis pelo crime. Pelo perfil das pessoas, quem as conhece poderá identificar", afirmou o secretário estadual de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira.

 

 

Mais conteúdo sobre:
violênciaCampinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.