Dois PMs são mortos e 2 ficam feridos em SP e Grande SP

Estado das vítimas é grave; os três incidentes foram registrados nesta quarta-feira

Camila Alves, do estadão.com.br,

11 de setembro de 2008 | 04h04

Durante esta quarta-feira, 10, dois policiais militares foram assassinados e dois ficaram feridos em três incidentes ocorridos na capital paulista e em cidades da Grande São Paulo.  Em Suzano, na tarde desta quarta-feira, um policial militar morreu após ser baleado na porta de um bar na Rua Mário Rogério Jorge, no Jardim Nova América. O crime aconteceu na tarde desta quarta-feira, 10. Segundo informações da Polícia, o soldado Sidney Aparecido Uriel, 45 anos, acompanhou o amigo Airton Faria, 43, ao bar para cobrar uma dívida de jogo. Faria havia ganho uma quantia em dinheiro em uma máquina de caça-níquel no início do mês, no estabelecimento. O dono do bar pagou uma parte do prêmio e se recusou a pagar o resto. O policial, à paisana, teria ficado dentro do veículo, que foi fechado por um Fusca e um Kadett, ambos vinho, e uma motocicleta CG azul. Os criminosos dispararam tiros de metralhadora calibre 45, de fabricação caseira.Faria conseguiu fugir e se esconder em um matagal nas proximidades e acionou a Polícia via celular. O soldado Sidney Uriel, atingido nove vezes, morreu na hora. Os criminosos largaram a arma no sofá de um depósito de gás, localizado na frente do bar, e conseguiram fugir. O dono do bar também fugiu, deixando o estabelecimento aberto. No local, foram apreendidas três máquinas de caça-níqueis.  A polícia interrogou a dona do depósito, para ouvir explicações sobre a arma. O caso está registrado no Distrito Policial Central de Suzano. São Paulo Um policial militar foi assassinado quando voltava do trabalho na Rua Francisco de Soutomaior, Jardim Lurdes, zona leste de São Paulo, na noite desta quarta. Segundo informações do Centro de Operações da Polícia Militar, o soldado Richard Schimith de Assis, do 22º Batalhão de Santo Amaro, voltava à paisana para casa em seu veículo Vectra verde quando foi atacado e atingido por diversos tiros. Os autores do crime roubaram a pistola ponto40 do soldado e conseguiram fugir. Osasco Ainda na Grande SP, em Osasco, um policial militar foi baleado durante uma tentativa de assalto a uma loja de gesso na Rua Aristides Beline. O crime aconteceu na tarde de quarta-feira. A vítima está em estado grave no Hospital Sino Brasileiro. Segundo informações da Polícia, o soldado Jefferson Abrão Oliveira estava de folga realizando uma pesquisa no estabelecimento. Três homens armados invadiram a loja e anunciaram o assalto. O policial reagiu, foi baleado nas costas e nas genitálias e teve sua pistola 380 roubada. Após realizarem buscas na região, os policiais prenderam Ricardo Fogazza dos Santos, 18, com a arma da vítima. Ele foi reconhecido pelo dono do estabelecimento, Dias José de Lima. Os outros dois assaltantes ainda não foram encontrados.

Tudo o que sabemos sobre:
morte de policiaisassassinatos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.