Dois mortos e um ferido grave em dois acidentes

Um guinheiro foi atropelado por um caminhão e uma mulher morreu no capotamento de um automóvel

Ricardo Valota e Daniela do Canto, da Central de Notícias,

18 de dezembro de 2009 | 04h14

Um funcionário da empresa de serviços de guincho Auto Socorro Interlagos foi atropelado por um caminhão e morreu, no final da noite desta quinta-feira, 17, no momento em que atendia a um automóvel quebrado na pista expressa da Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, a cerca de mil metros da Ponte do Jaguaré, na zona oeste de São Paulo.

 

No momento em que esperava pelo guincho, o motorista do carro foi vítima de bandidos, que jogaram um tijolo contra o vidro do carro, levando um computador, carteira e outros objetos de dentro do veículo. Até as 2 horas desta sexta-feira, 18, o corpo do guincheiro Valdecir de Oliveira, de 55 anos, permanecia no local do acidente em razão da demora no trabalho da perícia.

 

Acidente na Rodovia SP-322

 

Por volta das 22 horas desta quinta feira, 17,  na Rodovia Milton Tavares de Souza (SP-332), quilômetro 111,5, em Campinas, interior do estado, um capotamento de um carro deixou uma vítima fatal e uma em estado grave. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, chovia no momento do acidente. O automóvel ocupado por um casal, seguia em direção à cidade de Barão Geraldo quando o motorista perdeu o controle e capotou na pista. A mulher morreu no local, e o homem está em estado grave no pronto-socorro da Universidade de Campinas (Unicamp). O corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) dos Amarais.

Tudo o que sabemos sobre:
acidenteguinchoSP--322

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.