Dois morrem em tiroteio em duas tentativas de assalto em SP

Incidentes ocorreram na zona sul da capital paulista e na região central de Diadema, no ABC

Ricardo Valota, estadão.com.br

17 de junho de 2011 | 07h00

SÃO PAULO - Duas tentativas de assalto, uma delas a uma policial militar, terminaram com um saldo de dois bandidos mortos e um preso na zona sul da capital paulista e na região central de Diadema, no ABC.

Eram 19h30 desta quinta-feira, 16, quando, em sua moto Yamaha, a policial militar Evelyn Cristine de Lara, de 34 anos, lotada no 22º Batalhão, chegava em casa, no bairro de Americanópolis, na zona sul de São Paulo, e foi abordada por F.G.M., de 17 anos.

A policial, que também entregou sua bolsa ao criminoso, esperou o rapaz subir na moto para sacar uma pistola calibre ponto 40 e dar voz de prisão. Na suposta troca de tiros, o assaltante foi baleado e morreu quando era atendido no pronto-socorro municipal do Jabaquara.

O caso foi registrado no 97º Distrito Policial, de Americanópolis, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por se tratar de suposta resistência seguida de morte.

Bar. Armado, Alexandre Bonvino dos Santos, de 37 anos, ao lado do comparsa, Gilmar Guimarães Júnior, 31, levou a pior, por volta das 19h45 de ontem, ao, supostamente, trocar tiros com dois guardas municipais à paisana que flagraram a dupla assaltando um bar na altura do nº 130 da rua Tiradentes, no centro de Diadema, no ABC.

Os dois guardas teriam anunciado voz de prisão. Santos foi baleado e morreu no local ao atirar contra os dois agentes municipais. Já Guimarães, como estava desarmado, correu, mas foi alcançado e detido. O caso, que também será investigado pelo DHPP, foi registrado no 1º Distrito Policial de Diadema.

Tudo o que sabemos sobre:
tiroteiomortesSPDiadema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.