Dois morrem durante resgate de preso em Mongaguá(SP), litoral sul

Veículo utilizado na fuga foi localizado pela PM; detento pulou o alambrado do complexo prisional

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

07 de fevereiro de 2012 | 06h18

SÃO PAULO - Dois bandidos foram mortos, no início da madrugada desta terça-feira, 7, durante um resgate de preso do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá, no litoral sul paulista.

 

O tiroteio entre policiais militares da 1ª Companhia do 29º Batalhão do Interior (BPM/I) e os ocupantes de um Citroën ocorreu nas proximidades do CPP, localizado na Avenida dos Mariscos, no Balneário Arara Vermelha. O detento, ao perceber a aproximação do veículo, pulou o alambrado do completo, ganhou a rua e entrou no carro. Os criminosos, antes de iniciarem a fuga, ainda atiraram na direção do estabelecimento prisional.

 

Policiais militares foram acionados e localizaram o veículo. Não se sabe ainda se o preso resgatado é um dos que foram baleados e morreram durante o confronto. Os demais bandidos, pelo menos um deles também ferido, conseguiram fugir. O caso foi registrado no Distrito Policial Central de Mongaguá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.