Dois morrem após manobrista 'emprestar' carro de cliente a amigo

Acidente aconteceu na Estrada Velha de Campinas, em Caieiras, na Grande São Paulo

Marcela Gonsalves - estadão.com.br,

02 Novembro 2011 | 18h05

SÃO PAULO - Duas pessoas morreram em um acidente de trânsito na noite do último sábado, 29, na Estrada Velha de Campinas (SSP-332), em Caieiras, na Grande São Paulo. O veículo que causou o acidente era conduzido pelo amigo de um manobrista que trabalhava em um estacionamento no bairro de Higienópolis, em São Paulo. Ele "emprestou" o carro de uma cliente para que o amigo fosse a uma festa no bairro de Laranjeiras, em Caieiras.

Quando policiais militares chegaram ao local da ocorrência foram informados que um caminhão trafegava no sentido interior, quando foi ultrapassado por um carro preto, em local proibido. Em seguida, o carro bateu em um Palio Weekend cinza, que vinha em sentido contrário.

Bruno Tuon Perim, de 27 anos, ocupante do Palio, morreu no local. A motorista do veículo, Denise Pimentel Spera, de 25 anos, foi socorrida ao Hospital Lacaz, em Francisco Morato, mas não resistiu aos ferimentos. Outra passageira de 25 anos foi socorrida ao PS Municipal de Caieiras.

O manobrista foi até o local após receber uma ligação do amigo, que contou que tinha se envolvido em um acidente. Ele levou os policiais até uma casa, apontada como endereço do rapaz, mas não encontraram ninguém.

A dona do veículo, uma médica de 33 anos, contou que deixou o veículo no estacionamento para trabalhar em seu plantão médico, e que só ficou sabendo do caso quando foi informada pela polícia. O caso de homicídio culposo na direção de veículo automotor, fuga de local de acidente e apropriação indébita foi registrado na Delegacia de Caieiras, onde o delegado responsável pediu perícia para o local, apreensão dos veículos e exame do IML para as vítimas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.