Dois mil presos de SP não retornaram após indulto

Serão expedidos mandados de prisão para todos presos que não voltaram aos presídios

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

07 Janeiro 2010 | 08h23

Quase 9% dos presos do Estado de São Paulo que receberam indulto de Natal e ano novo em 2009 não retornaram aos presídios, segundo balanço da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). De acordo com o relatório, 23.331 detentos receberam a autorização de saída temporária para as festas de fim de ano. O total de presos que não retornaram é de 1.985, ou seja, 8,51%.

Entre os reeducandos que não retornaram por ocasião da saída temporária de fim de ano, muitos podem já ter sido presos mas ainda não incluídos no sistema penitenciário, segundo a SAP. Outros ainda poderão retornar fora do prazo estabelecido, mas estarão sujeitos às penalidades, como proibição de nova saída e até mesmo regressão para o regime fechado.

Segundo a SAP, todos os presos que deixaram de voltar aos presídios terão expedidos, contra si, mandados de prisão, passando a ser considerados foragidos. A saída temporária é um benefício previsto na Lei de Execuções Penais e depende de autorização judicial. São beneficiados os condenados que cumprem pena em regime semiaberto e de bom comportamento.

Mais conteúdo sobre:
presos indulto SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.