Dois ladrões da casa de Saulo são condenados

A 30.ª Vara Criminal condenou, na sexta-feira passada, a 12 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado dois acusados pelo assalto à casa do secretário de Estado de Transportes e Logística e ex-secretário de Segurança Pública Saulo de Castro Abreu Filho. A decisão foi divulgada ontem. Segundo o Ministério Público, em fevereiro, quatro homens armados invadiram a casa, no Alto de Pinheiros, zona oeste da capital, e fizeram Saulo e a família reféns. Os assaltantes levaram joias, dinheiro, celulares e laptop.

O Estado de S.Paulo

14 Outubro 2011 | 03h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.