Dois jovens são mortos na saída de boate em Sorocaba

Três homens encapuzados desceram de uma Pajero preta e foram em direção às vítimas, que estavam na frente de um baile funk

José Maria Tomazela,

15 de abril de 2013 | 16h30

Duas pessoas foram mortas a tiros e outras duas ficaram feridas na saída de um baile funk, na madrugada desta segunda-feira, dia 15, no bairro Vitória Régia, zona norte de Sorocaba. Os autores dos disparos, três homens encapuzados que ocupavam uma Pajero preta, desceram do veículo e foram em direção às vítimas que estavam na frente da boate. O metalúrgico Sérgio Luiz do Amaral Júnior, de 29 anos, e um rapaz de 19 anos ainda não identificado, tentaram fugir, mas foram atingidos. Eles caíram próximo do canteiro central da avenida. Os bandidos se aproximaram e fizeram novos disparos. Os tiros atingiram ainda uma adolescente de 15 anos e um rapaz de 21. Os atiradores fugiram após os crimes. A Polícia Civil investiga a hipótese de um acerto de contas.

 

A boate, que promove baile funk, estava lotada e havia muita gente do lado de fora quando ocorreu o ataque. Houve pânico e correria. Uma viatura da Polícia Militar cruzou com o veículo em fuga num bairro próximo e saiu em perseguição. Do interior da Pajero, os bandidos fizeram vários disparos e atingiram a viatura. O veículo, que havia sido roubado dias antes, foi abandonado próximo de um matagal. Ninguém foi preso. Policiais recolheram 25 cápsulas deflagradas de calibre 9 mm, além de dois projéteis intactos, espalhados pelo local. Os dois feridos foram levados para o Hospital Regional e não correm risco de morte. De acordo com a polícia, nenhuma das vítimas tinha antecedentes criminais. A casa noturna havia sido interditada em janeiro por facilitação ao consumo de álcool e drogas, mas voltou a funcionar.

Mais conteúdo sobre:
Violência, boate, Sorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.