Dois jovens deixam hospital; centenas vão às ruas protestar contra decisão da Justiça

Centenas de familiares e amigos das 242 pessoas mortas na tragédia da Kiss, em 27 de janeiro, foram ontem às ruas de Santa Maria e ao Parque Farroupilha, em Porto Alegre, protestar contra a decisão da Justiça de libertar os dois sócios da boate - Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann- e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira - Marcelo dos Santos e Luciano Augusto Leão. Dois jovens feridos na tragédia receberam alta anteontem. A estudante de Engenharia Florestal Maria Cristina Peiter, de 23 anos, foi recebida com homenagem em Casca (RS). E o aluno de Agronomia Marcos Tomazetti, de 25, reencontrou a família em Dom Pedrito (RS). Duas jovens seguem internadas.

O Estado de S.Paulo

31 Maio 2013 | 02h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.