Dois acusados de participar de arrastões em SP são detidos

Dupla participou de arrastão na Cantina Gigio, no Brás, na sexta-feira, segundo a polícia; um dos apreendidos é adolescente

Marcelo Godoy e Solange Spigliatti - O Estado de S.Paulo,

13 de junho de 2012 | 11h13

SÃO PAULO - Um homem foi preso e um menor apreendido pela Polícia Civil de São Paulo, na noite desta terça-feira, 12, no centro da cidade, acusadas de participar de uma quadrilha que recentemente praticou vários arrastões em restaurantes na capital paulista, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O homem foi preso em uma casa no bairro da Liberdade, onde foram encontrados armas, munições, aparelhos eletrônicos, relógios e joias. Já o adolescente foi reconhecido por ter praticado pelo menos três assaltos em restaurantes.

Onda de arrastões. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, já foram 14 arrastões em bares e restaurantes neste ano. O sindicado da categoria fala em 20 assaltos. Na madrugada desta terça-feira, mais um bar foi vítima desse tipo de assalto.

Também nesta terça-feira, 12, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) participou de reunião com a cúpula da segurança pública e representantes de restaurantes. E anunciou ações para minimizar os arrastões, como reforço da segurança pelos próprios restaurantes, combate à receptação de produtos roubados e o projeto Vizinhança Solidária, instalado no ABC pelo atual comandante-geral da PM, Roberval França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.