Do hospital, aluno da FGV já fala com amigos

Pela primeira vez desde que foi baleado em um bar de São Paulo, o aluno da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Christopher Akio Cha Tominaga, de 23 anos, falou com amigos pelo Facebook. "Galera valeu mesmo por toda força e pensamento positivos", escreveu o rapaz, internado no Hospital das Clínicas. No ataque, no dia 23, seu colega Julio Cesar Grimm Bakri, de 22, foi morto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.