Do ar, equipe joga bombas para expulsar ladrões de matagal

O helicóptero da PM também tem de intervir diretamente em algumas ocorrências, em vez de servir apenas como vigilante no ar. Em outubro passado, a equipe do Águia teve de jogar bombas de efeito moral em um matagal no Morumbi, na zona sul de São Paulo, para expulsar ladrões escondidos.

O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2012 | 03h03

A casa de um analista de sistemas de 47 anos foi invadida pelos ladrões. Sua mulher foi torturada e seu filho, trancado em um armário. O analista de sistemas conseguiu fugir e chamar a PM. "Eles chegaram muito rápido, só que a casa em volta tem três terrenos e não dá para achar ninguém lá dentro", disse o analista.

Os ladrões se esconderam no matagal até a chegada do helicóptero da PM. Do ar, a equipe do Águia jogou as bombas e, com o terreno cercado, os policiais capturaram os ladrões. / C.H.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.