DJ Lah fazia trabalho social com crianças

A morte de Laércio de Souza Grimas, o DJ Lah, de 33 anos, causou comoção no mundo do rap. O grupo Conexão do Morro, do qual ele é um dos fundadores, já tem 15 anos e é conhecido por denunciar a violência policial na periferia. Entre as músicas mais famosas da banda está a Saia da Mira dos Tiras.

O Estado de S.Paulo

06 Janeiro 2013 | 02h02

O Conexão do Morro é apadrinhado por Mano Brown, do Racionais MC's, que já gravou e tocou com o grupo.

O empresário da banda, Samuel Ferreira da Silva, de 48 anos, o DJ San Mix, diz que, apesar do perfil combativo do grupo, DJ Lah não tinha inimigos. "Era um cara pacífico, que não falava mal de ninguém."

Segundo ele, DJ Lah tinha quatro filhos e fazia trabalho social no bairro, entregando brinquedos a crianças. "Nessa guerra entre policiais e traficantes, acabam morrendo inocentes", diz. DJ Lah queria abrir uma sorveteria para complementar a renda. Ontem, amigos pediam ajuda para fazer o sepultamento. / ARTUR RODRIGUES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.