Dividida em áreas, Paraisópolis terá viaturas locais fixas

Um mês após o início da Operação Saturação, a Polícia Militar anunciou que vai mudar a estratégia de policiamento na Favela Paraisópolis, na zona sul da capital. Segundo o novo comandante-geral da PM, Benedito Roberto Meira, a favela será dividida em "quadrantes", que serão policiados por uma viatura fixa cada. O coronel não informou, porém, quando a operação terá fim.

O Estado de S.Paulo

29 Novembro 2012 | 23h49

Neste mês, 107 pessoas foram detidas, 18 armas de fogo apreendidas, além de uma granada, 59 kg de cocaína, 344,3 kg de maconha e 783g de crack. Para o governador Geraldo Alckmin (PSDB), os números mostram que a ação foi positiva. "Temos o líder do tráfico preso (Francisco Antônio Cesário da Silva, o Piauí) e o número de homicídios e latrocínios é zero." / JULIANA DEODORO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.