JB Neto/AE
JB Neto/AE

Discussão dentro de ônibus termina com três feridos em SP

Agressor esfaqueou duas pessoas antes de ser dominado e espancado por outros passageiros

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

12 Março 2010 | 01h29

Uma discussão entre passageiros motivada por um assédio dentro de um micro-ônibus terminou com um saldo de três pessoas feridas, por volta das 21 horas desta quinta-feira, 11, no bairro da Lapa, zona oeste de São Paulo.

 

Uma das vítimas, Iolanda Teixeira Mangueira, de 38 anos, foi esfaqueada no pescoço e encaminhada pelos bombeiros para o pronto-socorro da Lapa. Como perdeu muito sangue, teve que ser transferida para o Hospital das Clínicas, mas já está fora de perigo.

 

Portando um canivete, Pedro Paulo Nascimento, de 58 anos, sentou-se ao lado de Iolanda e começou a assediá-la. Ofendida, Iolanda começou a discutir com Nascimento, que retirou o canivete que estava na blusa e atacou a passageira. Um terceiro passageiro, Derick Pereira da Silva, de 18 anos, ao intervir, também foi atingido. Medicado, o rapaz foi liberado para prestar depoimento no 7º Distrito Policial, da Lapa.

 

Pedro foi dominado pelos demais passageiros e espancado a socos e pontapés, sendo encaminhado pelos bombeiros para o Hospital Sorocabano. A briga ocorreu quando o micro-ônibus prefixo 16687, de linha 978T (Metrô Barra Funda - Jardim Guarani), trafegava pela Rua Guaicurus.

 

Ao perceber a confusão dentro do veículo, o motorista parou o coletivo em frente a uma base da Guarda Civil Metropolitana na mesma rua para pedir auxílio e os GCMs levaram o coletivo para o pátio do 7º Distrito Policial.

 

Texto atualizado às 04h20.

Mais conteúdo sobre:
Lapa agressão micro-ônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.