Diretor da Academia de Polícia Civil deixa cargo

O diretor da Academia de Polícia Civil, Adilson José Vieira Pinto, deixa hoje o cargo. Ele é alvo de uma investigação sobre a suspeita de ter agredido uma subordinada, também delegada de polícia. Vieira Pinto teria agredido a delegada em duas ocasiões. A decisão sobre a saída foi tomada na sexta-feira e será publicada na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. Vieira Pinto estava no cargo desde 2009. A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Segurança Pública não quis se pronunciar sobre o caso. Vieira Pinto não foi encontrado.

, O Estado de S.Paulo

14 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.