Dirceu Maravilha é detido por dirigir embriagado, diz PM

Locutor teria se recusado a fazer o teste do bafômetro; ele foi levado para o IML para realizar exames

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

14 de julho de 2008 | 04h06

O locutor Dirceu Benedito Marchioli, de 53 anos, conhecido na imprensa esportiva como "Dirceu Maravilha", foi detido, por volta da 2 horas desta segunda-feira, 14, na região de Pinheiros, supostamente por dirigir embriagado. Ele estava na Galeria dos Pães, padaria localizada nos Jardins, zona sul da capital.   Policiais militares foram até a padaria depois de clientes ligarem para o 190, informando que o locutor, muito alterado, discutia com uma mulher, supostamente a namorada dele. No momento em que os policiais chegaram, a namorada de Dirceu já havia ido embora de táxi.   Dirceu então negou-se a conversar com os PMs e entrou em seu veículo. Perseguido pelos policiais, Maravilha acabou parado na esquina da Rua Teodoro Sampaio com a Rua Capote Valente, em Pinheiros. Segundo a PM, Dirceu aparentava estar embriagado e recusou-se a fazer o teste do bafômetro.   Multado por embriaguez ao volante e por falta de documentação do carro, o funcionário da Rádio Record foi encaminhado ao plantão do 14º Distrito Policial, de Pinheiros. De lá, foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde, caso se recuse a fornecer sangue para teste de dosagem alcoólica, será submetido a um exame clínico.

Tudo o que sabemos sobre:
lei seca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.