Dilma pede ajuda ao Congresso para aprovar cotas

A presidente Dilma Rousseff pediu ontem, em sua conta no Twitter, ajuda aos parlamentares na aprovação das cotas no serviço público federal. "Conto com o apoio do Congresso Nacional para avançar nesta questão", escreveu. Ela disse que é preciso "superar as consequências do nosso longo período escravocrata, que não acabou com a abolição, mas se manteve na hierarquização da sociedade".

Victor Vieira, O Estado de S.Paulo

07 Novembro 2013 | 02h07

Dilma também afirmou que a cor da pele tem sido motivo de exclusão e preconceito no País e que "sem ações afirmativas como esta, não tornaremos realidade a construção de um Brasil com igualdade de oportunidades para todos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.