Dia violento tem policial morto e 8 execuções

No ABC paulista, PM teria morrido durante tentativa de assalto. Grande São Paulo tem série de assassinatos

WILLIAM CARDOSO, O Estado de S.Paulo

03 de novembro de 2012 | 02h03

A capital e a Região Metropolitana de São Paulo tiveram mais um dia violento, com pelo menos nove mortos entre as 19h de anteontem e as 9h de ontem. O cabo da PM Marco Volnei Zacarias Pilatti, de 42 anos, foi morto por volta das 6h20 no Jardim Nazaré, em São Bernardo do Campo, quando seguia de moto para o trabalho, vindo de Praia Grande, onde morava. Ele foi baleado no peito, no pescoço e no rosto por dois homens que também estavam em uma moto.

Os bandidos tentaram levar a moto do PM, mas a abandonaram depois que o alarme disparou. "Houve uma tentativa de roubo. O assalto foi anunciado, a moto foi subtraída mas, quando eles perceberam que se tratava de um policial, ele acabou sendo morto", afirmou o comandante-geral da PM, Roberval França.

No Jardim Arpoador, na zona oeste, Alexsandro Schuwambarck Ferreira, de 19 anos, foi morto às 20h54 de anteontem. Cerca de 20 minutos depois, o chaveiro Alexandre Ferraz Eduardo, de 30 anos, foi assassinado, no Jardim Guaraú, na mesma região. Nos dois casos, os atiradores estavam em motos.

Em Itapevi, na Grande São Paulo, um morador de rua foi encontrado morto. Uma mulher também foi achada morta, degolada, no Parque d. Pedro II, no centro. Em Cidade Tiradentes, na zona leste, Ivo Paz de Lima Júnior, de 22 anos, foi encontrado morto ao lado de sua moto CG Titan, a 0h de ontem.

Pelo menos três pessoas foram mortas em supostos confrontos com policiais. Os casos aconteceram na capital. Às 19h de anteontem, o gráfico Claudio Pereira da Silva, de 43 anos, teria atirado contra PMs da Força Tática na Vila Alpina, zona leste, durante uma abordagem.

Por volta das 21 horas, um homem que não teve a identidade divulgada foi morto no Campo Limpo, zona sul, ao fugir e, supostamente, atirar contra policiais do 37.º Batalhão. Na Rodovia Fernão Dias, perto do Parque Edu Chaves, Ernani Cesar Camilo Landi, de 46 anos, foi morto após perseguição, às 2h20.

Operações. Desde segunda até ontem, 25 pessoas foram presas na Operação Saturação em Paraisópolis, zona sul. Seis foragidos foram capturados e cinco menores, apreendidos. A PM apreendeu 333,7 quilos de maconha, 26,7 kg de cocaína e 15 armas de fogo. Em Campo Limpo e no Capão Redondo, a Operação Saturação teve nove presos. Foram encontrados 5 kg de cocaína e 1,3 kg de maconha. / COLABOROU C.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.