DEZ REVELAÇÕES

1. Dom Pedro I foi realmente enterrado - e não cremado, como diz texto no Monumento à Independência, no Ipiranga.

O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2013 | 02h04

2. A 2ª mulher de Dom Pedro, Dona Amélia de Leuchtenberg, foi mumificada.

3. Dona Leopoldina não quebrou o fêmur. Dizia-se que ela teria caído - ou sido derrubada por Dom Pedro - de uma escada e sofrido grave fratura, que teria culminado em sua morte.

4. Dom Pedro I teve fraturas em quatro costelas. A causa seria duas quedas de cavalo.

5. Dona Leopoldina foi enterrada com a roupa com que foi coroada imperatriz e com brincos de ouro com gemas que, em vez de diamante, eram resina.

6. Dom Pedro I foi enterrado como Dom Pedro IV de Portugal, com insígnias portuguesas, sem referência ao passado brasileiro.

7. Ao morrer, aos 66 anos, Dona Amélia tinha escoliose severa e osteoporose.

8. Dom Pedro I era menor do que se supunha. Com 1,66 m a 1,73 m, era alto para um português da época, mas de médio a baixo para um brasileiro atual.

9. Dom Pedro I foi enterrado com solo do Porto, de Portugal. Foi possivelmente uma homenagem por ter liderado o Cerco do Porto (1832-1833), episódio da guerra pelo trono português.

10. Dona Amélia foi enterrada toda de preto e guardou luto por 42 anos por Dom Pedro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.