Dez mil estabelecimentos foram visitados após lei antiálcool para menores

Fiscalização com multas e outras penalidades começa no próximo dia 19 de novembro

estadão.com.br,

11 Novembro 2011 | 11h30

SÃO PAULO - Cerca de 10 mil estabelecimentos comerciais, como bares, restaurantes, lojas de conveniência e baladas, foram visitados por agentes da Vigilância Sanitária Estadual e do Procon-SP em todo o Estado de São Paulo, após a sanção da lei antiálcool para menores, em 19 de outubro. A última grande blitz educativa está marcada para a próxima semana, na sexta-feira, 18, na hora do almoço.

Durante as blitze educativas, os responsáveis responderam a um questionário, no qual indicavam as principais dúvidas relacionadas à lei. Do total de comerciantes ouvidos, 58% tinham dúvidas sobre as penalidades no caso de descumprimento da lei, 48% sobre sinalização dos estabelecimentos e solicitação do documento de identidade dos consumidores e 44% sobre o que o estabelecimento deve fazer caso constate a presença de um menor consumindo bebidas alcoólicas.

A fiscalização com multas e outras penalidades começa no próximo dia 19 de novembro, sábado. Bares, restaurantes, lojas de conveniência e baladas, entre outros locais, não poderão vender, oferecer nem permitir a presença de menores de idade consumindo bebidas alcoólicas no interior dos estabelecimentos, mesmo que acompanhados de seus pais ou responsáveis maiores de idade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.