Detran vai acabar com prova em papel para primeira habilitação

Órgão de trânsito planeja só testes eletrônicos para agilizar emissão. Troca será gradativa, a partir de 2012, e inicia pela capital

ADRIANA FERRAZ, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2011 | 03h04

Candidatos a motorista não responderão mais a provas teóricas aplicadas em papel durante o processo realizado para tirar a primeira habilitação. O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) planeja implementar testes eletrônicos nas unidades do Estado, de forma gradativa, a partir do ano que vem. O modelo, que deve começar na capital, tem o objetivo de agilizar a emissão da carteira.

A mudança eliminará a fase de correção das provas, que dura de três a quatro dias. Segundo a diretora de Educação para o Trânsito do órgão, Tarcila Peres Santos, a troca de sistema também permitirá que o interessado conheça o resultado na hora.

"Hoje, a prova é inspirada nos concursos públicos. Ela demora até uma semana para ser impressa e chega lacrada ao candidato, em um envelope. A estimativa é de que o novo modelo também reduza os custos", afirma. Por mês, 65 mil provas em papel são aplicadas no Estado. Somente na capital, são 1,2 mil por dia.

O teste teórico eletrônico já é ofertado, mas apenas a quem solicita a renovação da habilitação ou tenta reavê-la, após o documento ter sido declarado suspenso. O exame é feito nos Centros de Formação de Condutores.

A mudança do papel para a tela de um terminal não é a única que os candidatos devem enfrentar em 2012. O Detran também prepara alterações no conteúdo dos testes. "Com a revisão do banco de dados, dois temas passaram a ser prioritários na prova: a direção defensiva e a segurança no trânsito. O foco não será mais a legislação", diz Tarcila Santos.

O total de questões, porém, não será alterado. Cada prova continuará contendo 30 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas. Para ser aprovado, o candidato precisa ter, no mínimo, 70% de acerto.

O banco de dados já funciona reformulado em cinco unidades do Detran: Interlagos e Aricanduva, na capital; São Bernardo do Campo, no ABC; Aparecida e Americana, no interior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.