MARCIO FERNANDES/ESTADAO
MARCIO FERNANDES/ESTADAO

Detran-SP vai adotar novo sistema de biometria para evitar fraudes 

Aparelho reconhece calor do corpo, textura da pele e batimentos cardíacos

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

30 Agosto 2017 | 12h19

SÃO PAULO - A partir de 18 de setembro todas as autoescolas do Estado de São Paulo terão de implantar novo aparelho de biometria para coibir fraudes.

Entre as falsificações apuradas pelo setor de fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), o dedo de silicone estava sendo usado para burlar as digitais nas aulas teóricas e práticas de direção. 

O diretor-presidente do Detran-SP, Maxwell Vieira, acredita que o novo dispositivo "dedo vivo" vai inibir as fraudes. 

"Hoje o processo é totalmente eletrônico. Para que a pessoa faça tanto as aulas teóricas e práticas tem que colocar o dedo no aparelho. A nova biometria, através da corrente sanguínea, vai dar mais segurança para o processo de habilitação", explica Vieira.

 O novo aparelho, além da função antiga de identificar as digitais, também vai reconhecer a temperatura do corpo, o batimento cardíaco e a textura da pele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.