PAULO GIANDALIA/AE
PAULO GIANDALIA/AE

Detran-SP dá bronca em Rodrigo Hilbert por usar celular enquanto dirige

Neymar, Luan Santana, Angélica e Patrícia Abravanel também já foram alvo das críticas bem-humoradas do órgão de trânsito

Juliana Diógenes, O Estado de S.Paulo

04 de setembro de 2017 | 12h15

Após já ter dado "bronca" no jogador de futebol Neymar, no cantor Luan Santana e na apresentadora Angélica por infrações no trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) voltou a usar as redes sociais para chamar a atenção de mais uma celebridade.  

Desta vez, o alvo foi o ator e apresentador Rodrigo Hilbert, que publicou no Instagram um vídeo em que aparece filmando uma rua com o celular enquanto dirige. 

"Um homão desses, bicho, usando o celular enquanto dirige? :( Será que Rodrigo Hilbert criou um dispositivo que permite filmar sem desviar o olhar do trânsito, sem tirar as mãos do volante e sem risco de acidentes? Oremos", questionou o Detran-SP. Na postagem, o órgão ainda marcou a página "Alguém pare o Rodrigo Hilbert", que brinca com as habilidades do ator e apresentador. 

Não é a primeira vez que o Detran usa as redes sociais para dar um puxão de orelha em famosos. No início de agosto, o Detran-SP puxou a orelha do jogador Neymar após o jogador publicar no Instagram um vídeo em que aparece com amigos no banco de trás de um carro sem cinto de segurança. 

Em julho, a página questionou de forma bem-humorada a postura do cantor Luan Santana ao volante. O músico usava o celular para gravar um vídeo enquanto dirigia.

A mistura de celular e direção também rendeu uma bronca à apresentadora Angélica, que apareceu em no programa Estrelas, da TV Globo, diringindo e conversando pelo smartphone. E o uso incorreto do cinto pela apresentadora Patricia Abravanel foi criticado pelo órgão no mês passado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.