Detran estreia mais dois serviços online

Um ano após sair da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e passar por outras duas pastas, Gestão Pública e Planejamento, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) aposta todas as fichas na internet. A partir de hoje, no portal do órgão, a população poderá usar dois novos serviços online: comunicação de venda e recurso de penalidades.

ARTUR RODRIGUES, O Estado de S.Paulo

18 Março 2012 | 03h03

Para utilizar ambos os serviços é necessário fazer um cadastro no site do Detran (www.detran.sp.gov.br) e preencher os dados requeridos. Depois, é só encaminhar a documentação via Correios. Quem escolher recorrer de multa - nesse caso, apenas penalidades aplicadas por órgãos estaduais, como a Polícia Militar - ou se defender da suspensão do direito de dirigir poderá ainda acompanhar o processo via internet. "Queremos que a população utilize cada vez mais serviços eletrônicos e só quem realmente precise vá até as unidades presenciais", afirma o coordenador do Detran, Daniel Annenberg. Além dos dois novos serviços, há outros 18 disponíveis no site do departamento. Pelo uso dos Correios, é cobrada uma taxa de R$ 11. Na página da internet é possível ver o passo a passo que explica como realizar os procedimentos.

Ex-gestor do Poupatempo, Annenberg afirma querer mudar a imagem do Detran, antes gerido por integrantes da Polícia Civil. "A mentalidade que existe não só no Detran, como nos órgãos parceiros, sempre foi punitiva ou de segurança."

Mudança. Um dos passos que devem ajudar nessa mudança é a transformação do departamento - que ainda vai virar uma autarquia estadual. Apoiado por Alckmin, o projeto será enviado à Assembleia Legislativa e poderá ser aprovado neste ano.

Outra novidade é a criação de dois núcleos para apoio na elaboração de políticas públicas que ajudem a diminuir os acidentes de trânsito. Um deles é um Conselho Estadual de Trânsito, formado por estudiosos, com objetivo de analisar a situação atual. O outro é um Observatório de Trânsito, para produzir estatísticas confiáveis e atualizadas.

Um dos grandes desafios do novo Departamento Estadual de Trânsito paulista será combater a corrupção que acompanha a trajetória histórica do departamento. "Na hora em que você simplifica, desburocratiza, melhora a qualidade, você começa a simplificar o caminho para o cidadão", ressalta Annenberg. "Ele não precisa mais pagar para fulano ou para beltrano. A gente vê isso acontecendo com o Poupatempo. Com bons serviços, é natural que haja uma diminuição de corrupção."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.