Detran de SP vai inspecionar 2,5 milhões de veículos em 2009

Estão dispensados somente os veículos movidos a álcool, gasolina e gás fabricados antes de 2003

Agência Brasil

30 Dezembro 2008 | 16h08

Cerca de 2,5 milhões de veículos que circulam pela cidade de São Paulo terão de verificar a quantidade de emissão de poluentes durante o ano que vem. Em 2009, a prefeitura da capital paulista vai ampliar o programa de inspeção veicular e fiscalizar também motos e alguns veículos movidos a álcool, gasolina e gás, além dos veículos a diesel que já são inspecionados desde maio. Veja também: Em São Paulo, 43% da frota vai escapar da inspeção De acordo com a Secretaria Municipal de Verde e Meio Ambiente, 317 mil veículos a diesel, 770 mil motos e 1,5 milhão de automóveis terão de passar pela inspeção anual obrigatória. Estão dispensados somente os veículos movidos a álcool, gasolina e gás fabricados antes de 2003, que terão suas emissões monitoradas nas ruas da cidade. Os proprietários deverão agendar inspeção de seus veículos até 90 dias antes do prazo de licenciamento do seu automóvel ou moto. A inspeção custa R$ 52,73, porém a prefeitura promete devolver o valor caso o veículo seja aprovado no teste. Os veículos que não compareceram à inspeção, assim como os automóveis reprovados no teste terão o licenciamento bloqueado no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). Eles também estarão sujeitos à multa de até R$ 550. Ainda segundo a secretaria, 38 mil veículos foram inspecionados em 2008. Do total de veículos verificados, 83% foram aprovados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.