Detran começa a enviar pelo correio CNH e permissão para dirigir no exterior

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) começou na última semana a enviar carteiras de habilitação definitivas pelo correio e, nos próximos dias, deverá estender a facilidade para quem precisa da Permissão Internacional para Dirigir (PID) - será o primeiro serviço online a ser incorporado ao novo portal do órgão.

William Cardoso, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2011 | 00h00

Na última semana, 16 mil motoristas que receberam a habilitação provisória há um ano foram informados por carta que poderão obter a CNH definitiva sem sair de casa. No início desta semana, o Detran informou outros 10 mil motoristas sobre a nova facilidade. Esse número deve chegar a 50 mil correspondências por mês.

Com a mudança, para ter direito à CNH definitiva e recebê-la em casa, o motorista deverá ir até uma agência do Banco do Brasil com a Permissão para Dirigir ou o CPF. O interessado vai pagar a taxa de serviço "Emissão da CNH Definitiva via Correios" e, automaticamente, receberá o documento em casa. Os códigos para pagamento são: 425.0 e 018 - o serviço de envio custará R$ 11, mais R$ 28,79 da taxa de emissão. Permanece também a opção de buscar a carteira no posto de atendimento, sem custo adicional, além da taxa de emissão.

O projeto da Secretaria de Gestão Pública é de ampliar nos próximos meses o serviço de entrega pelo correio para quem pretende obter a segunda via da CNH ou conseguir a cópia do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Hoje é preciso ir até três vezes a um posto de atendimento para conseguir o que se precisa.

A intenção da secretaria é também oferecer ao cidadão a possibilidade de pedir os serviços sem necessidade de intermediários.

Por telefone. Outra novidade será a implementação de uma central de atendimento telefônico, com capacidade de 15 mil ligações/dia. A previsão é de que o serviço entre em funcionamento neste mês.

As mudanças no atendimento são bem vistas. "A gente paga tantas taxas, tanto imposto. Se o Poder Público puder facilitar a nossa vida, melhor. Hoje é difícil até conseguir informações", afirma o aeronauta Vinícius Sá, de 36 anos, que ontem estava na fila do balcão do Detran na capital.

As novidades surgem três meses após a troca de comando no Detran. Após anos de denúncias de corrupção envolvendo funcionários e muitas reclamações de usuários sobre mau atendimento, o órgão passou da Secretaria de Segurança Pública para a de Gestão Pública.

Parabéns

Além de dar informações sobre como receber em casa a CNH definitiva, a carta elogia bons motoristas. "O Detran quer parabenizá-lo pela sua conduta no trânsito", diz um dos trechos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.