Detidos PMs suspeitos de furtar produtos de camelôs

Imagens veiculadas na TV mostram os policiais apreendendo CDs e DVDs e liberando os ambulantes

Agencia Estado

02 de setembro de 2007 | 19h16

Foram detidos quatro policiais militares suspeitos de apreender e ficar com produtos de camelôs em São Paulo. Os homens foram identificados em imagens veiculadas na última sexta-feira, 31, por uma emissora de televisão. Eles apareceram apreendendo CDs e DVDs piratas e liberando os camelôs na Rua 25 de Março, na capital paulista.De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, os PMs foram detidos na noite do último sábado depois de prestar depoimento, para agilizar o processo de investigação. Os quatro policiais trabalham em batalhões da região central de São Paulo. Assim que soube do fato, o Comando de Policiamento de Área/Metropolitano (CPA/M-1) instaurou Inquérito Policial Militar para investigar o caso. Se for comprovada ação ilegal dos policiais, eles poderão ser expulsos da corporação e responder criminalmente por furto.Segundo a Corregedoria da PM, os ambulantes que atuam na área central serão ouvidos e, em seguida, farão o reconhecimento dos acusados. Na manhã do último sábado, assim que os policiais foram identificados, a PM iniciou a busca dos camelôs que apareceram nas imagens da emissora. Os ambulantes que quiserem colaborar podem ir à Corregedoria, Rua Alfredo Maia, 58, Luz, ou ligar para o Disque-Denúncia (181), ou para 0800-55.190.

Tudo o que sabemos sobre:
PMscamelôs

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.