Detidos em protesto na Fernão Dias são liberados

Todas as 35 pessoas, encaminhadas ao 39º D.P, na Vila Gustavo, foram liberadas por falta de provas; a maioria tinha passagem pela polícia, mas grupo alega que não participou do ato

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

29 de outubro de 2013 | 12h46

SÃO PAULO - As 35 pessoas presas no protesto dessa segunda-feira, 28, na Rodovia Fernão Dias, zona norte de São Paulo, foram liberadas do 39º DP (Vila Gustavo) nesta terça-feira, 29.

O boletim de ocorrência aponta que não havia indícios suficientes para responsabilizá-las pela onda de depredação e saques ocorrida durante a manifestação, no Jaçanã. O ato ocorreu depois do enterro de Douglas Martins Rodrigues, de 17 anos, morto por um PM na Vila Medeiros no domingo, 27. Ônibus e caminhões foram queimados e um pedestre, baleado.

De acordo com o B.O, os policiais militares que apresentaram os suspeitos não presenciaram o crime e não souberam individualizar a participação de cada um, motivo pelo qual não foi possível mantê-los presos. A maioria dos detidos tinha passagem pela polícia, por furto e tráfico de drogas, mas o grupo alega que não estava na manifestação. Eles dizem ser moradores de rua e usuários de crack, e afirmam que estavam juntos, dormindo em um terreno na região,quando foram abordados pela polícia.

A conduta dos policiais poderá ser investigada à parte, escreveu o delegado Bruno Guilhermo de Jesus no boletim de ocorrências.

Saques. Na manhã desta terça-feira, 29, outras três pessoas foram detidas e encaminhadas ao 39º DP por suspeita de ter participado de saques em meio ao protesto. Após denúncia anônima, policiais encontraram uma TV, relógios e roupas novas com dois menores, de 14 e 17 anos, e um jovem, de 22 anos, em uma casa abandonada. O imóvel fica na esquina da avenidas Roland Garros e Mendes da Rocha, na Vila Medeiros, perto do local onde ocorreu o protesto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.