Detido suposto gatuno que vinha 'tirando o sono' de casal em Jundiaí

Foram seis furtos em apenas 10 dias; vítimas já não conseguiam mais dormir

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

08 Dezembro 2011 | 03h45

SÃO PAULO - Policiais militares da 1ª Companhia do 11º Batalhão acreditam ter detido, por volta da 1 hora desta madrugada de quinta-feira, 8, o bandido supostamente responsável pelos últimos cinco furtos em apenas 10 dias no interior do Mercado Guarino, localizado na Rua Barão de Teffé, no bairro Anhangabaú, em Jundiaí, interior paulista. Pode ter chegado ao fim o drama do casal de comerciantes, de Anair, 74 e Rubens, 77 anos, que não sabiam mais o que é dormir em paz.

 

Um vizinho, ao ouvir mais uma vez o barulho vindo do interior do estabelecimento, ligou para o 190. Policiais militares foram para o local e desta vez chegaram a tempo e dominaram o criminoso, ainda dentro do mercado. A Polícia Civil chegou a traçar um perfil do ladrão: um homem magro e possivelmente usuário de crack. Os buracos feitos no telhado indicavam ser o gatuno uma pessoa franzina. O sexo do criminoso foi evidenciado pelas marcas do calçado deixadas dentro do estabelecimento.

 

Até as 3h30 desta madrugada, o boletim de ocorrência não havia sido inicializado no plantão da Delegacia de Polícia Participativa (DPP), no bairro de Chácara Urbana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.