Destino do menino Sean volta à pauta do STF

Ministros do Supremo Tribunal Federal devem voltar a discutir hoje o polêmico processo sobre o destino do menino Sean Goldman. Ele vive nos Estados Unidos com o pai há 2 anos, após liminar do então presidente do STF, Gilmar Mendes. Dias antes, o ministro Marco Aurélio Mello tinha determinado que Sean ficasse no Brasil com os avós maternos. Sean estava no País há quase 5 anos e perdeu a mãe em 2008.

O Estado de S.Paulo

29 Novembro 2011 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.