Despejo pode render R$ 10 mi de indenização

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo ajuizou ação pública indenizatória de R$ 10 milhões por danos morais coletivos pela desocupação e retirada de 1,6 mil famílias, em janeiro de 2012, da área em São José dos Campos (SP) conhecida como Pinheirinho. A ação é movida contra o governo do Estado, a Prefeitura e a massa falida da empresa Selecta, proprietária do terreno. A ação também pede que Estado e Município se retratem pela "violência" empregada na desocupação. A retirada das famílias obedeceu a mandado de reintegração de posse determinado pela Justiça.

O Estado de S.Paulo

20 Março 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.