Deslizamento de terra deixa parte da cidade de Cruzeiro sem água

Cerca de 11,5 mil moradores da cidade no Vale do Paraíba foram afetados; caminhões-pipa ajudam

Priscila Trindade, Central de Notícias

05 Janeiro 2011 | 13h46

SÃO PAULO - Um deslizamento de terra interrompeu o fornecimento de água para cerca de 15% da população da cidade de Cruzeiro, no interior de São Paulo. O desmoronamento, que aconteceu na tarde de domingo, 2, na serra da Mantiqueira, atingiu a Estação de Tratamento 1 (ETA). A população é de cerca de 77 mil habitantes.

 

Três caminhões-pipa abastecem as unidades de saúde do município. A Prefeitura informou que pediu outros seis carros para conseguir ampliar o serviço.

 

Durante uma reunião realizada no início da tarde de hoje na Prefeitura com o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) e a Defesa Civil, os órgãos decidiram estudar a construção de seis poços artesianos em pontos diferentes da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.