Desgovernado, ônibus mata idoso no Jardim Guarani

Por volta das 20 horas de anteontem, cerca de 70 pessoas armadas de pedaços de pau e pedras cercaram um ônibus no Jardim Guarani, na zona norte, e obrigaram os passageiros a descer do veículo. Um dos suspeitos assumiu a direção do ônibus, mas logo perdeu o controle do coletivo, que se chocou contra um poste, causando danos à fiação, além de colidir com uma moto e atropelar Raimundo Teodoro do Nascimento, de 64 anos, que morreu na hora.

O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2012 | 02h01

Segundo a família, ele não tinha problemas de saúde. "Atualmente, ele era camelô. Morava de aluguel, mas estava construindo uma casinha para ir morar com a namorada", disse a sobrinha, Ingrid Cristina dos Santos, de 38 anos. "Essa é a pior notícia do mundo, mas se é uma pessoa de 80 ou 90 anos que está acamada você já está mais preparada."

Raimundo estava com a namorada, Lucinete dos Santos, de 41 anos, que não se feriu, mas está muito abalada emocionalmente. "Ela não tem condições de vir. Só foi pra delegacia porque tinha de ir", explicou a sobrinha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.