Desembargador do TJ reclama que foi 'atropelado'

O Tribunal de Justiça afirmou que foi "atropelado" pelas ações do governo e da Prefeitura na cracolândia. Após passar quatro meses indo diariamente à cracolândia, o desembargador Antonio Carlos Malheiros disse que preparava uma série de "audiências de rua" com o Ministério Público e a Defensoria Pública para decidir encaminhamentos a crianças e adolescentes da região. "Agora, teremos de repensar a estratégia", reclamou. / B.P.M.

O Estado de S.Paulo

11 de janeiro de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.