‘Desde o início, não aprovamos Alexandre’, dizem avós de Isabella

Depoimentos de José de Oliveira e Rosa Cunha, pais de Ana Carolina e avós de Isabella

15 de abril de 2008 | 02h27

Sua filha Ana Carolina veio a manter o relacionamento amoroso com a pessoa de Alexandre, sendo que quando se conheceram sua filha tinha 16 anos de idade; Que desde o início do relacionamento o depoente e sua esposa não aprovaram a pessoa de Alexandre.  (...) Que inclusive tentaram pôr fim a este relacionamento, contudo como Ana Carolina estava ficando doente, autorizaram então a continuidade da relação. (...) O depoente recorda-se certa época em que Isabella passou a freqüentar a escola. Alexandre não gostou e ameaçou matar sua esposa para sua filha, dirigindo-se inclusive a sua residência e o depoente deslocou-se à sua residência e presenciou Alexandre permanecer na porta (...) ameaçando de morte sua esposa, sendo necessária a intervenção do pai de Alexandre para levá-lo, sendo os fatos registrados no 39º DP. ROSA CUNHA (...) Há seis anos, Alexandre fora vítima de tentativa de homicídio, tendo fornecido a versão de que (...) havia adquirido o veículo de indivíduo jurado de morte e que os tiros na realidade estavam relacionados ao veículo (...), tendo a depoente mais uma vez não acreditado na versão.

Tudo o que sabemos sobre:
caso isabella

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.