JF DIORIO / ESTADÃO CONTEÚDO
JF DIORIO / ESTADÃO CONTEÚDO

Descida para litoral tem 25 km de lentidão na Rodovia dos Imigrantes

Anchieta é melhor opção para motoristas; Tamoios está interditada no km 70 por causa do tombamento de uma carreta com gás

Edgar Maciel e José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

13 Fevereiro 2015 | 16h02

SOROCABA - O feriadão de carnaval ainda não começou, mas o movimento nas rodovias na saída de São Paulo já é intenso. Quem tem como destino o litoral paulista vai precisar ter bastante paciência nesta sexta-feira, 13. A previsão é de que 510 mil veículos desçam a Serra do Mar até a madrugada deste sábado, 14.

Na tarde desta sexta-feira, são 25 quilômetros de congestionamento na Rodovia dos Imigrantes. Até o momento, mais de 112 mil carros já deixaram a capital paulista rumo às praias.

Segundo a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, a melhor alternativa é a Rodovia Anchieta, que não apresenta nenhum trecho de lentidão.

Na chegada ao litoral, no trecho do Guarujá, a Rodovia Cônego Domênico Rangoni tem dois quilômetros de congestionamento entre o km 250 e o km 248. 

Já na Rodovia Ayrton Senna, a previsão é de que até 1,2 milhão de veículos trafeguem pela via entre os dias 13 e 18 de fevereiro. Mais de 82 mil veículos já saíram de São Paulo pela rodovia. Há tráfego lento entre os km 23 e 25, sentido interior, por excesso de veículos.

Por sua vez, na Rodovia Carvalho Pinto, o trânsito é lento rumo ao interior de São Paulo, entre os km 129 e 132.

Tamoios. Motoristas que seguem para as praias do litoral norte de São Paulo devem evitar a Rodovia dos Tamoios. Uma carreta carregada com Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o gás usado nas cozinhas, tombou e interditou a estrada na altura do km 70, no trecho da Serra do Mar, no início da tarde desta sexta-feira, 13. A pista foi liberada parcialmente para os motoristas que já estão em trânsito, mas pode voltar a ser interditada a qualquer momento para a retirada da carga de gás, que é altamente inflamável. Durante a operação, que já está sendo preparada, pode haver risco de explosão.

O apelo para que os motoristas evitem a Tamoios está sendo feito pela Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), empresa do Estado que administra a rodovia. A estrada é o principal acesso às praias de São Sebastião, Ubatuba e Caraguatatuba. Quem se dirige a esses destinos, deve utilizar as Rodovias Mogi-Bertioga e Oswaldo Cruz.

O acidente aconteceu por volta das 12h40, no trecho da Serra do Mar, e logo se formou grande congestionamento no sentido do litoral. Às 15 horas, a pista foi parcialmente liberada para escoar esse tráfego. O motorista foi socorrido mas não há informações sobre o estado de saúde.

Lentidão em outras rodovias. O paulistano que seguia para o interior no início da tarde desta sexta-feira já enfrentava lentidão na saída da capital. Às 13h30, o trânsito na via expressa estava carregado e lento desde o Cebolão e chegava a parar no km 22, em Barueri, seguindo com paradas até o km 24. Havia lentidão também na pista marginal, até o acesso de Alphaville. Na região de Sorocaba, o motorista enfrentava chuva forte com rajadas de vento, entre o km 68 e o km 80. 

Já a Rodovia Anhanguera tinha cinco quilômetros de congestionamento na saída de São Paulo, às 13h40. Os veículos paravam do km 16 ao km 18, no acesso ao Rodoanel, e voltavam a parar do km 58 ao km 61, altura de Jundiaí. A lentidão era causada pelo excesso de veículos. Havia registro de chuvas em trechos isolados.

Por sua vez, na Raposo Tavares, o trânsito tinha lentidão por excesso de veículos a partir do km 24, até a passagem por Cotia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.