Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Desabamento em usina no interior de São Paulo deixa dois mortos

Chuvas na região se intensificaram e acidente deixou outros feridos; Defesa Civil presta assistência à população

O Estado de S. Paulo

25 de setembro de 2015 | 21h58

SÃO PAULO - As chuvas se intensificaram no fim da tarde desta sexta-feira, 25, e causaram danos na região de Marília, distante cerca de 370 quilômetros de São Paulo. No município de Canitar, o desabamento na estrutura de uma usina de cana de açúcar em meio a um temporal deixou duas pessoas mortas e outras com ferimentos leves.

De acordo com informações da Defesa Civil Estadual, o desabamento aconteceu na altura do Km 4 da rodovia vicinal Gabriel Ligeiro. Três viaturas do Corpo de Bombeiros, cinco da Polícia Militar e duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para prestar atendimento aos feridos.

A Defesa Civil informou que o secretário-chefe da Casa Militar e coordenador estadual do órgão, coronel José Roberto Rodrigues de Oliveira, e equipe estavam se deslocando na noite desta sexta ao município “para prestar apoio à população.” A chuva na região causou ainda queda de árvores e danos na rede elétrica.

Tudo o que sabemos sobre:
ChuvaDefesa Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.