Deputado pede interdição de Congonhas para aviões grandes

"Solução deve ser imediata", afirmou membro da CPI Geraldo Thadeu; comissão enviará parlamentares aos EUA

Agência Estado,

20 de julho de 2007 | 16h12

O deputado Geraldo Thadeu (PPS-MG) propôs em reunião CPI da Crise Aérea da Câmara desta sexta-feira, 20, que a comissão se junte ao Ministério Público Federal e peça à Justiça a interdição imediata do aeroporto de Congonhas para aviões de grande porte.   Veja Também Lista de vítimas do acidente do vôo 3054  O local do acidente  Quem são as vítimas do vôo 3054  Histórias das vítimas do acidente da TAM  Galeria de fotos  Opine: o que deve ser feito com Congonhas?  Cronologia da crise aérea  Acidentes em Congonhas  Vídeos do acidente  Tudo sobre o acidente do vôo 3054   "Essa crise não é de hoje, é antiga, mas estourou agora no governo Lula. A solução não deve ser de médio e longo prazo, deve ser imediata", afirmou o parlamentar, segundo a Agência Câmara. A CPI está reunida para votar requerimentos relativos à investigação do acidente com o avião da TAM, ocorrido na última terça-feira, em São Paulo.   A reunião desta quinta-feira começou com mais de uma hora de atraso, em razão de atrasos de vôos, que impediram os parlamentares de chegar a tempo a Brasília. O encontro foi aberto com um minuto de silêncio em razão da morte de três parlamentares - os deputados Júlio Redecker e Nélio Dias e o senador Antonio Carlos Magalhães.   Além da proposta sobre a interdição de Congonhas feita por Thadeu, o deputado Dr. Ubiali (PSB-SP) defendeu a adaptação de outros aeroportos no estado de São Paulo, como o de Jundiaí, para o recebimento de aviões de grande porte. Ele defendeu também a imediata construção da terceira pista do aeroporto de Guarulhos.   Caixa-preta - Também nesta sexta-feira, a CPI aprovou um requerimento para que dois deputados sejam enviados aos Estados Unidos para acompanhar de perto a abertura da caixa-preta do A-320.   Apesar da autorização, o vice-presidente da CPI, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou que é possível que não haja tempo suficiente para esse acompanhamento.   Os deputados também aprovaram pedido para terem acesso a documentos como a cópia do livro de ocorrências da torre do aeroporto e a cópia do boletim meteorológico da capital paulista no momento do desastre.   (Com Agência Câmara)

Mais conteúdo sobre:
Vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.