Deputado paraguaio é acusado de levar 3 filhos de ex-mulher à força em Ponta Porã

O deputado federal do Paraguai Nardy Gomez Katevek, do Partido Colorado, é acusado ter atravessado a fronteira e ter sequestrado, em Ponta Porã (MS), três filhos que tem com sua ex-mulher, a brasileira Valeska Rodrigues Arevalos. Ele teria invadido a casa com dois seguranças armados e fugido para o Paraguai.

, O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2010 | 00h00

O suposto sequestro ocorreu um dia antes da chegada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para encontrar o colega paraguaio, Fernando Lugo.

Às 14 horas de ontem, Valeska procurou a Polícia Federal. Ela também comunicou o Consulado do Paraguai e o deputado foi interceptado na cidade de Yby Yaú, no Departamento de Concepcion, onde foi detido. Ao jornal paraguaio ABC Color, Gómez alegou que não usou violência para levar as crianças para Assunção. Ontem à noite, Valeska viajou para Yby Yaú para tentar resgatar os filhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.