Depois de manhã complicada, SP tem 123 km de lentidão

Zona sul tinha quase metade desta lentidão; pior ponto era Marginal Pinheiros, com 8,7 km de engarrafamento

Elvis Pereira, estadao.com.br

15 de setembro de 2008 | 17h23

Após enfrentar 145 km de lentidão, o pior congestionamento do período da manhã desde o início da restrição para caminhões, a capital paulista acumulava 138 km de congestionamento às 19h28 desta segunda-feira, 15, em razão do excesso de veículos. A situação estava complicada principalmente nas vias da zona sul, que respondiam por 45% desse índice.   Veja também: Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua Entenda as novas medidas contra o trânsito  Conheça o histórico do trânsito na cidade      Regras de estacionamento em bairros de SP        A Marginal do Pinheiros tinha a maior fila de engarrafamento, que alcançava 8,7 km na pista expressa, no sentido Interlagos, entre as Pontes Transamérica e Cidade Jardim. A segunda pior era registrada na Marginal do Tietê: 7,7 km no sentido da Rodovia Ayrton Senna, da Rua Azurita até a Ponte da Freguesia do Ó.   A Avenida dos Bandeirantes estava com morosidade por 6,9 km no sentido da Rodovia dos Imigrantes, do Viaduto Aliomar Baleeiro até a Marginal do Pinheiros. Na Radial Leste, havia lentidão por 4,7 km no sentido bairro, do Viaduto Pires do Rio até a Rua Wandenkolk. Esse mesmo índice era verificado no Corredor Norte-Sul, no trecho formado pelas Avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães, no sentido do Aeroporto de Congonhas, entre o Viaduto General Euclides de Figueiredo e a Praça da Bandeira.   Atualizado às 19h30

Tudo o que sabemos sobre:
congestionamentotrânsito em SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.