Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Depois de frio recorde, sol deve elevar temperaturas em São Paulo

Embora madrugadas continuem frias, previsão é de que máximas cheguem a 21ºC a partir de 4ª

Priscila Trindade, estadão.com.br

28 de junho de 2011 | 13h47

SÃO PAULO - A partir desta quarta-feira, 29, o tempo começa a esquentar na capital paulista, embora as madrugadas continuem frias nos próximos dias. Nas madrugadas os termômetros podem chegar aos 8ºC, mas ao longo do dia o sol elevará as temperaturas. As máximas previstas ficarão em torno de 21ºC.

 

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a massa de ar polar mantém o tempo seco e estável na cidade, dificultando a dispersão de poluentes.

 

Hoje o dia começou gelado e com temperaturas oscilando em torno dos 4ºC, o que favoreceu a formação de geadas em alguns pontos da Grande São Paulo.

 

Os aeroportos de Guarulhos, na Grande São Paulo, e Campo de Marte, na zona norte, registraram 3ºC por volta das 6 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
frioinverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.