Depois de colocar em carro roubado placa clonada de táxi, ladrão vira taxista em SP

A partir da reclamação de um taxista que trabalha à noite e passou a receber multas por infrações cometidas de dia a polícia prendeu Nilton Mesquita, acusado de roubar um carro e clonar a placa do táxi.

O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2012 | 03h01

Durante uma blitz no Itaim-Bibi, na zona sul da capital, fiscais da SPtrans flagraram Mesquita dirigindo um Fox roubado que ele tinha transformado em táxi. Nilton Mesquita até levava um passageiro.

A polícia então descobriu que Mesquita tinha roubado um Fox semelhante ao do taxista que fez a queixa e colocado uma placa igual à do táxi.

Como a verdadeira placa do Fox roubado estava em poder do criminoso, os PMs entraram em contato com o proprietário do carro. Ele, no 14.º Distrito Policial (Pinheiros), reconheceu Mesquita como o bandido que o tinha assaltado e roubado seu carro havia 4 meses no Tucuruvi, zona norte.

A polícia não sabe ainda como Mesquita obteve as placas falsas e clonou o veículo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.