Depois da pane na Telefônica, usuário enfrenta filas no interior

Em Sorocaba, cartórios e delegacias estavam com serviços lentos; no Procon, movimentação era baixa

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2008 | 16h38

Um dia depois da pane nos equipamentos da Telefônica, usuários de Sorocaba enfrentavam filas nesta sexta-feira, 4, para ter acesso aos serviços dependentes das redes de transmissão de dados da empresa. Dois cartórios de registro civil na região central da cidade distribuíram senhas para serviços como o reconhecimento de firma e autenticação de assinaturas, que dependem de consulta a banco de dados. Pessoas que não conseguiram o atendimento no dia anterior foram cedo para o local.   Veja também: 'Falha no roteamento' causou pane em SP, diz Telefônica Ministro admite que transmissão da internet é 'vulnerável' Multa para a Telefonica vai depender de laudo, diz Anatel Mais de 24 h depois, Telefonica soluciona problema em SP   O comerciante Marcos Antonio Marinho tinha viagem marcada para o exterior na segunda-feira e precisava autenticar alguns documentos. Na quinta-feira, o serviço estava suspenso. "Se não fizer hoje, perco a viagem." Nos distritos policiais, o acúmulo de serviço causava demora maior que a costumeira para o registro de ocorrências. De acordo com o delegado seccional, André Moron, havia sobrecarga de trabalho em razão da pane, que deixou fora do ar durante mais de 30 horas o Registro Digital de Ocorrências (RDO). Os registros que não puderam ser feitos no dia da pane ficaram para esta sexta. "Estamos fazendo o rescaldo dos problemas que tivemos no sistema", disse.   No início da manhã o acesso à intranet, o sistema interno da polícia, ainda estava lento. A situação se normalizou durante o dia. No Fórum também os sistemas voltaram a operar de manhã, mas o movimento estava abaixo do normal. Os advogados optaram pela consulta eletrônica aos processos e a movimentação nos cartórios contrastava com o dia anterior. No Procon, o movimento também estava abaixo da média. O atendente Luis da Silva atribuiu ao efeito da pane no dia anterior, quando todo o atendimento foi suspenso. "As pessoas podem estar achando que o problema continua." Até o final da tarde, não tinham sido registradas reclamações contra o apagão da internet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.