Denúncias contra policiais militares e civis crescem 35% em São Paulo

Houve aumento de 900% nas reclamações de abuso de autoridade entre 2011 e 2012

Gabriela Vieira, Agência Estado

04 de abril de 2013 | 15h21

Aumentou em 35,87% o número de denúncias contra policiais militares e civis de São Paulo entre 2011 e 2012, segundo relatório da ouvidoria da Polícia do Estado. No ano passado o total de denúncias chegou a 7.455 contra 5.487 reclamações em 2011.

Solicitações de policiamento foram o principal motivo para as reclamações (1.245 denúncias). Já as maiores variações dizem respeito a abuso de autoridade (900%), assédio moral (246,67%) e favorecimento indevido (130,43%). Os policiais respondem ainda contra má qualidade no atendimento, tráfico de drogas e corrupção, entre infrações de outras naturezas.

Quase metade(3.497) das denúncias de 2012 foram registradas no departamento policial da capital. Considerando a Grande São Paulo, o número passa para 4.862, o que representa mais de 65% do total de reclamações no Estado.

Mais de 80% das denúncias foram feitas por meio de e-mail e ligações telefônicas. Contra as mais de 7 mil denúncias, o relatório da ouvidoria registrou 287 protocolos elogiando os policiais militares e civis.

Mais conteúdo sobre:
PMcivisdenúncias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.