Denunciados donos de parque e engenheiro

Os empresários Maria da Glória Pinto e Leandro Pinto Ribeiro, donos do Parque Glória Center, em Vargem Grande, zona oeste do Rio, e o engenheiro Luiz Soares Santiago, que autorizou o funcionamento dos brinquedos do parque, foram denunciados à Justiça pelo Ministério Público do Rio pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe. Eles podem ser condenados a 30 anos de prisão. Em agosto, um carrinho do parque se soltou, matou 2 pessoas e feriu 9. Os brinquedos estavam em péssimo estado, apontou a perícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.