Polícia Civil/ Divulgação
Polícia Civil/ Divulgação

Dentista acusado de matar três irmãos é preso em Santos

Chamado de 'maníaco da peruca', criminoso culpava donos de clínica odontológica concorrente por suas dificuldades financeiras

Luiz Alexandre Souza Ventura, especial para o Estado

29 Novembro 2018 | 14h45

Correções: 29/11/2018 | 22h50

Foi preso na manhã desta quinta-feira, 29, em Santos, no litoral sul de SP, o dentista Flávio Nascimento Graça, de 39 anos, acusado de matar três irmãos e de tentar assassinar um sobrinho das vítimas e uma funcionária da clínica odontológica da qual eram donos. Os crimes foram cometidos em 2014 e 2015.

Chamado de 'maníaco da peruca', o assassino estava foragido havia mais de três anos. De acordo com os policiais, ele mantinha dois consultórios em São Vicente, também no litoral paulista, mas fechou os estabelecimentos quando a clínica concorrente se instalou na mesma região. O criminoso culpava suas vítimas pelas dificuldades financeiras que enfrentou na época.

Em menos de um ano, sempre usando uma peruca e óculos escuros, o acusado matou a tiros Agilson Correa de Carvalho, de 54 anos, Aldacy Correa de Carvalho, de 56, e Arnaldo Correa de Carvalho, de 54, além de balear um sobrinho das vítimas e de fazer uma emboscada para assassinar uma mulher de 40 anos que trabalhava como esterilizadora na clínica dos três irmãos. 

A prisão foi feita após longa investigação da Delegacia Especializada Antissequestro de Santos (DEAS) e do Departamento de Polícia Judiciária do Interior-6 (DEINTER-6), responsável pela Baixada Santista.

Correções
29/11/2018 | 22h50

Diferentemente do que foi informado, as vítimas não eram dentistas. O texto foi corrigido. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.